Esfregaços por aposição (Imprints)

Antes de iniciar o procedimento, o sangue ou líquido tecidual em excesso devem ser removidos da superfície da lesão com o auxílio de material absorvente, como papel toalha ou papel filtro. Exceto no caso de úlceras, para não remover o possível agente etiológico. A técnica consiste em realizar três ou quatro impressões suaves e paralelas com uma lâmina histológica sobre a lesão a ser estudada.

 

Os imprints citológicos podem ser preparados diretamente de lesões externas em animais vivos, a partir de biópsias realizadas durante o processo cirúrgico, ou de fragmentos de tecidos colhidos durante a necrópsia.

Esta técnica é de fácil realização, requerendo uma pequena quantidade de material. Porém a contaminação bacteriana e a presença de células inflamatórias nas lesões superficiais podem dificultar o diagnóstico. E devido ao fato de serem colhidas amostras superficiais, o uso de imprints para o diagnóstico de neoplasias é restrito.

Histopet - Patologia Veterinária             Horário de funcionamento: Seg a Sex das 08:00 ás 18:00 e Sáb das 09:00 a 12:00

 

                                                                                       © Copyright 2018. www.histopet.com.br