Envio de material para exame histopatológico

 

Uma variedade de substâncias químicas fixadoras é empregada nos laboratórios de histopatologia. No entanto, o formol a 10 % é o mais rotineiramente utilizado, por ser de baixo custo e apresentar resultados satisfatórios.

 

As amostras teciduais devem ser acondicionadas em formol na proporção de 01 parte de tecido para no mínimo 03 partes de fixador (sendo o ideal de 01 parte de tecido em 10 partes de formol, para uma fixação de qualidade).

 

Para amostras que vão ser submetidas ao exame imuno-histoquímico o período de fixação deve ser no mínimo 06 horas e no máximo 72 horas, pois alguns anticorpos são sensíveis a ação do formol.

 

No caso de acondicionamento de grandes peças cirúrgicas convém realizar múltiplas secções teciduais em intervalos de 1,0 cm, para a melhor penetração do fixador. Alguns tumores ou fragmentos que apresentam grande quantidade de tecido adiposo tendem a flutuar, e parte da amostra pode se posicionar fora da ação do fixador. Neste caso, convém cobrir o a espécime tecidual com gaze ou algodão para evitar seu contato com o ar do recipiente.

 

Os recipientes para acondicionamento das amostras teciduais devem ser preferencialmente plásticos, com tampa de rosca, já que os de vidro podem quebrar mais facilmente durante o manuseio e transporte até o laboratório. Esses devem ser criteriosamente identificados com os dados do animal e origem da amostra, de preferência á lápis, pois a tinta tende a borrar com os eventuais vazamentos de fixador durante o transporte.

 

Esses procedimentos básicos no gerenciamento das amostras, apesar de simples, elevam acentuadamente a qualidade do tecido á ser estudado, garantindo uma melhor acurácia e maior confiabilidade do exame histopatológico.

Histopet - Patologia Veterinária             Horário de funcionamento: Seg a Sex das 08:00 ás 18:00 e Sáb das 09:00 a 12:00

 

                                                                                       © Copyright 2018. www.histopet.com.br